Início » Blog » Financiamento com score baixo é possível? Descubra aqui!

Financiamento com score baixo é possível? Descubra aqui!

mulher sentada, mexendo em um notebook, com uma tela repleta de gráficos ao fundo

Afinal, dá para conseguir um financiamento com o score baixo? Essa é uma dúvida comum para muitos brasileiros, que sofrem para manter as contas em dia e têm vontade de adquirir um bem mais caro, que só poderá ser pago em parcelas.

Antes de mais nada, já podemos adiantar que ter um bom histórico de pagador contribui muito para a aquisição de qualquer tipo de crédito. Mas, neste post vamos esclarecer o assunto e mostrar alguns caminhos para resolver a situação. Confira!

O que é score de crédito?

Para entender melhor o impacto do score na obtenção de financiamentos e empréstimos, vale começar pelo que ele representa.

Todas as compras e pagamentos de um indivíduo são arquivados pelo mercado, que observa estes hábitos e a possibilidade de deixar contas em atraso ou inadimplentes.

Como resultado dessa análise, órgãos de proteção ao crédito como o Serasa e o SCPC – Boa Vista atribuem pontos aos consumidores, que vão de 0 a 1000.  É possível conferir essa pontuação acessando os sites dessas empresas.

Os pontos trazem a seguinte classificação:

  • score até 300: alto risco de inadimplência;
  • de 300 a 700: médio risco de inadimplência;
  • de 700 a 1000: baixo risco de inadimplência.

O que significa um score alto?

Uma pontuação alta no score indica uma probabilidade maior da pessoa realizar os pagamentos em dia. Com isso, as empresas sentem mais segurança para liberar crédito para esse indivíduo, o que vale para financiamentos, empréstimos, cartões de crédito, carnês, entre outras formas de aquisição de dinheiro para pagamento posterior.

Como aumentar o score?

Não há um consenso sobre o que realmente faz esse score aumentar, mas algumas dicas são fornecidas pelo próprio site do Serasa, como:

  • pagar as contas em dia;
  • fazer o cadastro positivo;
  • manter os dados atualizados;
  • quitar as dívidas e limpar o nome;
  • assinar serviços em seu nome (como água, luz e telefone) e pagá-los em dia;
  • ter poucos cartões de crédito;
  • inclusão das contas no débito automático;
  • evitar consultas desnecessárias ao CPF, pois a cada consulta, o score automaticamente cai.

Você também pode conferir algumas dicas sobre como aumentar seu score em nosso blog!

Como o score influencia a liberação de crédito?

Como citamos acima, o score é uma maneira de avaliar todo o histórico do cliente como pagador. Pessoas com o nome limpo e que acertam suas contas em dia, geralmente possuem o score mais alto.

Esse comportamento é visto de maneira muito positiva pelas instituições, que também podem avaliar outros aspectos como renda mensal, valor do financiamento, entre outros.

No entanto, pessoas que têm um rendimento alto, mas que não possuem um bom score, dificilmente conseguirão o financiamento. Isso porque a instituição entende que, apesar do salário mais favorável, o indivíduo não honra suas contas. Esse é um forte indício de que também deixará o débito em aberto. Porém financiamentos com score baixo ainda são possíveis em algumas instituições.

Qual o score mínimo para financiar um veículo?

Não há uma definição da pontuação mínima necessária para que a pessoa consiga o crédito necessário para comprar um carro. Na verdade, esses parâmetros podem variar de banco para banco.

Mas podemos afirmar que, de forma geral, essa pontuação depende do valor do financiamento. Por exemplo, para obter 100% do crédito necessário para adquirir o automóvel, os bancos costumam pedir um score de, pelo menos, 700.

Essa pontuação tende a cair se o cliente tiver um valor para apresentar de entrada. O mínimo é de 20% do valor total do veículo. Quanto mais alta a porcentagem da entrada em relação ao bem, maiores as chances de conseguir o financiamento.

Porém, vamos destacar novamente que os critérios de avaliação dependem do banco, e não é possível afirmar que haja uma regra aplicada por todos.

Como conseguir um financiamento com score baixo?

Mesmo com a pontuação de crédito muito baixa, ainda é possível conseguir um financiamento. O primeiro passo é buscar um banco no qual você já tenha conta aberta.

Quanto maior o tempo de relacionamento, mais provável que esse crédito seja liberado. Algumas instituições já trabalham com linhas pré-aprovadas, que não precisam nem mesmo que você converse com o gerente ― podem ser solicitadas pelo próprio aplicativo do banco.

É claro que, para isso, apesar das pendências com outras empresas, é preciso que o cliente esteja em dia com o banco, sem cheques devolvidos ou cartões da instituição em aberto.

Outra maneira é ter um bom valor de entrada, o que pode facilitar bastante na obtenção do crédito restante, e ainda amortizar os juros cobrados na operação.

Uma terceira alternativa é a oferta de uma garantia, como o imóvel ou outro veículo que esteja no nome da pessoa que quer o financiamento.

Porém, devemos ressaltar que essa é uma opção perigosa: a não quitação das parcelas permite que o banco tome o bem, que geralmente tem um valor muito maior do que o solicitado como crédito.

Não adiantaria muito ter um carro novinho e perder a casa onde mora, não é mesmo?

E se eu estiver com o nome negativado?

A inclusão em órgãos como o SPC e Serasa dificultam muito a obtenção de um financiamento, e provocam a queda no score.

Ou seja, caso o seu score seja baixo, mas você esteja com suas contas em dia, a probabilidade de obter o crédito é muito maior. Com as restrições, a questão fica bem mais complicada e cabe ao banco a análise e a liberação do valor.

Como evitar que meu score caia novamente?

O segredo é planejamento financeiro e disciplina, sempre! Anote todos os seus ganhos e gastos, veja quais despesas podem ser reduzidas e estabeleça limites para as despesas, que não devem nunca ser ultrapassadas.

Provavelmente você não conseguirá acertar já no primeiro mês, principalmente se nunca fez isso antes, mas persista! Com o tempo, você entenderá melhor o seu comportamento, quando gasta de maneira impulsiva e do que realmente precisa para sobreviver.

Esse cuidado ajuda não só a manter um bom score, como é uma das bases para uma vida financeira saudável.

Entendeu as possibilidades de obter financiamento com score baixo e o que pode ser feito para resolver a situação?

Aproveite para acompanhar todas as nossas postagens! Damos várias dicas que podem ajudar na sua administração pessoal e poderão abrir caminho para que você realize os seus sonhos!