Início » Blog » Investir na bolsa é mais fácil do que você imagina, veja!

Investir na bolsa é mais fácil do que você imagina, veja!

painel que mostra os resultados de investir na bolsa de valores

Depois de ler várias notícias e artigos, surgiu aquela vontade de investir na bolsa, mas não sabe muito bem como começar? Para te ajudar da melhor forma possível, fizemos um passo a passo para você ver como é fácil se tornar um investidor na bolsa de valores!

Várias empresas puderam se beneficiar ao disponibilizar serviços pela internet, e a bolsa de valores não ficou para trás. Hoje, é possível comprar e vender ações sem sair de casa, facilitando todos os processos de uma forma segura e bem mais prática. Por isso, é ainda mais simples começar a investir na bolsa! 

Para tirar todas as suas dúvidas e ajudar no seu planejamento, separamos um passo a passo para você conseguir alcançar sua liberdade financeira e ser um grande investidor!

Passo 1: Organize sua vida financeira e destine um valor para investir

A primeira coisa que você deve fazer é organizar sua vida financeira. É importante quitar suas dívidas e ter os gastos sob controle, dessa forma fica mais fácil saber quanto pode separar do seu orçamento para investir. 

Ao manter esse controle, você consegue também alimentar sua reserva de emergência. Uma dica é que você pode deixar o dinheiro da reserva aplicado em algum ativo de renda fixa, como o Tesouro Direto, para que ele possa ser retirado a qualquer momento e ainda consiga render.

Manter uma reserva de emergência te dá segurança, pois caso o mercado oscile demais, você não precisa se desesperar. Afinal, a reserva deve ser suficiente para cobrir seus gastos fixos por alguns meses ou cobrir o valor de algum imprevisto.

Depois de organizar seus gastos, destine um valor para o investimento na bolsa. Atualmente, não há uma oferta mínima de investimento, você consegue encontrar ações com custos menores e que podem caber no seu bolso sem apertar tanto o orçamento.

Passo 2: Procure uma corretora

O grande medo dos novos investidores é de acabar perdendo dinheiro por falta de experiência no mercado, mas você não precisa começar a investir sozinho. A forma mais fácil e segura de investimento na bolsa é por meio de uma corretora, que fica responsável em ser a ponte entre você e a própria bolsa de valores.

Com tantas corretoras, pode ser um processo longo encontrar a que se encaixe perfeitamente com seus planos, pois cada entidade possui seus próprios serviços e atributos. 

Algumas coisas para verificar ao escolher uma corretora:

  • Saber quais as taxas que ela cobra;
  • Pesquisar sobre sua reputação;
  • Saber quais os valores de corretagem;
  • Saber quais os serviços oferecidos aos clientes;
  • Pesquisar como ela trata os clientes

Após analisar essas informações, entre em contato com a corretora escolhida e faça sua conta!

Passo 3: Conheça seu perfil de investidor

Com sua vida financeira organizada e sua conta na corretora, agora é só investir, né? Não! Para evitar perder dinheiro, você precisa entender qual o seu perfil de investidor e qual a modalidade de investimento na bolsa é a melhor para você. 

Não tenha pressa para entender qual sua forma de lidar com as ações, porque qualquer atitude precipitada pode se tornar um erro grave. Identificar qual o seu perfil vai te auxiliar no começo dos investimentos e ainda trazer mais segurança para suas escolhas. 

São três perfis:

  • Conservador: O investidor conservador tem como prioridade sua segurança e a do seu patrimônio, por isso prefere investir em fundos de baixo risco;
  • Moderado: os investidores que se encaixam no perfil moderado se caracterizam em querer a segurança de seus bens, mas estão dispostos a correr certos riscos;
  • Arrojado ou Agressivo: esse investidor procura lucros mais altos a longo prazo, mesmo que para isso precise correr alguns riscos.

Esses tipos de perfis te ajudarão a decidir como serão os próximos passos dos seus investimentos, direcionando de forma mais certeira seu dinheiro.

Passo 4: Defina seus objetivos

Procure alinhar seus objetivos com seu perfil de investidor, isso poupará seu tempo e dinheiro com ações que podem não ser tão lucrativas. Se ainda não sabe qual seu maior objetivo ao investir na bolsa, faça as seguintes perguntas:

  • Qual o valor que você tem disponível para investir?
  • Esse investimento será mensal?
  • Quanto do seu orçamento será destinado ao investimento?
  • Qual a sua meta?
  • Por quanto tempo você pretende investir?

Essas questões são ótimos pontos de partida para você conseguir estabelecer seus planos, determinar suas metas e estabelecer um bom planejamento.

Passo 5: Procure ações que combinam com seu perfil e objetivos

Cada tipo de ação oferece um benefício diferente, sendo assim, alinhar as melhores ações com seu perfil e objetivos é um passo importante para conseguir sucesso nos investimentos. Por exemplo, caso você queira um rendimento a curto prazo para conseguir comprar um carro, investir em uma ação de renda fixa talvez não seja a melhor opção.

Não existe uma receita para saber qual o melhor investimento e qual o caminho que conseguirá te fazer alcançar todos os objetivos. Analisar cada detalhe do mercado, pesquisar sobre termos e como a rentabilidade das ações funciona é uma boa estratégia.

Passo 6: Defina um plano de investimento

Se você chegou até aqui, pode se sentir preparado para começar a investir na bolsa, mas a informação nunca é demais. Ao se planejar, entenda que é preferível começar a investir aos poucos para experienciar o mercado por conta própria.

Busque ativos mais seguros, entenda como ele funciona e gradativamente encaminhe suas escolhas para as suas metas. Com o plano de investimento é mais difícil correr grandes riscos e é uma ótima maneira de conhecer o mercado.

Passo 7: Compre suas primeiras ações

Como dissemos anteriormente, todo o processo de compra funciona pela internet. Essa metodologia é bastante segura e você pode começar a criar sua carteira de investimentos no mesmo dia que comprar suas ações!

Passo 8: Acompanhe o mercado e as notícias

Com todos os passos seguidos à risca, nossa última recomendação é que você acompanhe as notícias sobre economia, empresas e outros assuntos que influenciam e muito o valor dos ativos. Ao estar informado, você consegue criar estratégias e tomar as decisões de compra e venda dos investimentos.

Depois de tantas dicas sobre como investir na bolsa, esperamos que você se sinta seguro para entrar no mercado de ações!