Início » Como solicitar a 2ª via do CPF? Siga o tutorial a seguir

Como solicitar a 2ª via do CPF? Siga o tutorial a seguir

2 via cpf

Ao redor do mundo há uma série de documentos obrigatórios diferentes que identificam os cidadãos. No Brasil, um dos mais importantes é o Cadastro de Pessoa Física (CPF), um registro junto à Receita Federal com a função de identificar os contribuintes de naturalidade brasileira. Determinado por 11 dígitos, o CPF é único para cada pessoa, sendo exigido em diversas operações cotidianas, como transações bancárias e para a realização de compras.

Devido à importância dos documentos oficiais, são tomadas algumas medidas para combater fraudes nos sistemas. Assim, quando se perde um documento, é comum enfrentar um processo bastante burocrático para substituição dos antigos. O CPF, no entanto, apresenta como vantagem a facilidade em solicitar a segunda via do documento.

Neste artigo, você acompanhará o processo de como tirar a 2ª via do CPF de forma rápida e como regularizar a situação do seu documento. Confira!

2ª via do CPF: passo a passo para solicitar

Apesar da maior facilidade em emitir a segunda via, quando comparado a outros documentos como passaporte ou carteira de identidade, o processo varia de acordo com a pessoa que solicita. O processo para indivíduos que declaram Imposto de Renda (IR) é diferente para aqueles que não declaram. Veja a seguir. 

Solicitação da 2ª via do CPF por quem não declara IR

O processo é bem simples para quem está isento de declarar imposto de renda. Para solicitar a emissão, basta acessar a página oficial da Receita Federal para impressões simplificadas e preencher os campos com os dados solicitados:

  • número do CPF;
  • nome do titular;
  • data de nascimento;
  • nome da mãe;
  • título de eleitor.

A operação é instantânea. Ao enviar os dados preenchidos, o site redireciona para uma tela onde é possível visualizar o comprovante e fazer a impressão. Simples, certo? Mas e quando o solicitante perdeu o CPF e não sabe o número do documento? Acompanhe.

Solicitando a 2ª via sem o número do CPF

Uma vez que não há obrigatoriedade em ter um cartão de CPF físico, muitas pessoas preferem memorizar ou anotar seu número de cadastro. É comum, no entanto, que esqueçam as informações que constam no registro. Da mesma forma, quando o documento é roubado ou perdido e a pessoa já não tem mais acesso ao número do registro, o processo para solicitar a segunda via é diferente.

Veja o que fazer em caso de roubo ou perda do documento:

  1. registre um boletim de ocorrência para se resguardar de eventual mau uso do seu CPF;
  2. vá até uma unidade de serviço da Receita Federal do Brasil para se informar sobre seu número. Leve com você outro documento de identificação para que o sistema confirme que o solicitante é realmente o proprietário do CPF. Caso o documento de identificação também tenha sido roubado ou perdido, leve o boletim de ocorrência.

Você faz declaração de Imposto de Renda? Confira agora como solicitar a segunda via do registro. 

Solicitação da 2ª via do CPF para quem declara IR

Nos casos em que há declaração de Imposto de Renda, basta acessar o Portal eCAC, que é o Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal. Para realizar a operação, entretanto, é preciso ter um código de acesso, que deve ser gerado da seguinte maneira: 

  1. acesse a página do portal para gerar o código;
  2. preencha os campos de CPF e data de nascimento;
  3. informe os números dos recibos das últimas 2 declarações de Imposto de Renda;
  4. crie uma senha e gere o código.

Após esse processo, o serviço online vai disponibilizar o documento para visualização e impressão a partir do login com os seguintes dados:

  • CPF/CNPJ;
  • código de acesso;
  • senha recém-criada.

Após estar logado ao Portal, a comprovação de inscrição no CPF fica disponível na guia “Comprovações” para a impressão. Então, conseguiu ter acesso ao seu registro? Veja agora como consultar e regularizar a situação do seu documento.

Como regularizar o CPF?

O Cadastro de Pessoa Física (CPF) é utilizado para verificar se algum cidadão apresenta pendências para com a União. Estar com o CPF irregular pode acarretar problemas no acesso a diversas atividades e serviços públicos, como:

  • inscrição em concursos públicos;
  • ingresso em instituições de ensino;
  • transações comerciais de bens duráveis ou não-duráveis;
  • possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • abertura de contas bancárias;
  • emissão de nota fiscal por profissionais autônomos que não possuem CNPJ, entre outros.

Caso seu CPF esteja irregular, você pode regularizá-lo gratuitamente no site da Receita Federal em 2 casos

  1. quando houver ausência ou erro no cadastro de dados;
  2. quando não houver pendência na entrega de declarações de pessoa física.

Quando a razão da irregularidade do documento é uma dívida ou outro problema judicial, a regularização é feita com a quitação da pendência perante os órgãos responsáveis com uma taxa adicional de R$7 pelo serviço. 

Você sabe qual a situação do seu CPF? Confira, agora, como consultá-la.

Consulta da situação do CPF 

A consulta da situação do documento pode ser feita no site da Receita Federal, com o número do CPF e a data de nascimento do titular. Em seguida o site redireciona para o comprovante, no qual consta os seguintes dados: 

  • número do CPF consultado;
  • nome da pessoa física vinculada ao CPF;
  • data de nascimento da pessoa consultada;
  • situação cadastral do CPF na base de dados da Receita Federal;
  • data em que o CPF foi cadastrado.

Conclusão

Percebeu por que é essencial estar inscrito no Cadastro de Pessoa Física e manter a situação do seu registro regular? Por sorte, as operações de consulta e impressão da 2ª via são simples e rápidas. 

Neste artigo, você descobriu como imprimir a 2ª via do CPF e a importância da regularização do documento. Caso ainda tenha dúvidas, confere nosso artigo completo sobre CPF ou escreve pra gente nos comentários!