Início » Consórcio » Carta de crédito: tudo o que você precisa saber!

Carta de crédito: tudo o que você precisa saber!

você pode ficar sabendo da contemplação da carta de crédito online

Você já ouviu falar em carta de crédito, mas não faz ideia do que seja uma? Então você veio ao lugar certo, porque este é o tema que iremos tratar no post de hoje. Vamos abordar em detalhes o funcionamento de uma carta de crédito, como conseguir uma e quais são as vantagens desse tipo de investimento.

Fique com a gente até o final da leitura que iremos te explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é uma carta de crédito?

Os termos do universo financeiro costumam parecer confusos para quem começou a despertar interesse nesses temas há pouco tempo. Então vamos direto ao ponto: a carta de crédito é o documento que você recebe quando é contemplado em um consórcio, e esse documento representa o valor do seu prêmio.

A empresa com quem você fechou o consórcio te entrega esse documento financeiro ao invés de conceder o valor em espécie, e é com ele que você realiza a compra do bem desejado. É um título equivalente a um vale-compras, e o valor desse “voucher” será o que você definiu inicialmente quando contratou o consórcio.

Como funciona?

Para entender como a carta de crédito funciona, você precisa compreender o funcionamento de um consórcio. Ao decidir contratar um consórcio, você ingressa em um grupo formado por pessoas com interesse semelhante ao seu. O objetivo dos integrantes do grupo é adquirir um bem, através de pagamentos mensais que vão para um fundo comum – é como se fosse uma poupança coletiva.

A sua parte na “fatia” dessa poupança é chamada de cota. A cota é o que representa você dentro do consórcio, é o seu número de identificação individual. E, ao comprar uma cota dentro do consórcio, você irá fechar um contrato com a empresa administradora.

Nesse acordo inicial você deve estabelecer qual será o objetivo da sua carta de crédito (por exemplo: comprar um carro 0Km), o valor dela (exemplo: R$ 60 mil) e o prazo de pagamento (exemplo: 180 meses).

Sua cota terá um número. E é a partir dele que você pode ser premiado nos sorteios mensais do consórcio, ou então através do oferecimento de um lance.

Como conseguir uma carta de crédito?

Agora que você já sabe que a carta de crédito está diretamente vinculada ao consórcio, vamos te contar que existem duas formas de conseguir uma carta:

Entrando em um consórcio:

Como falamos ali em cima, ao entrar em um grupo de consórcio você adquire uma cota, e quando ela é premiada, você recebe a carta de crédito.

O mais comum é entrar em um grupo ainda em formação, onde você tem mais opções de encontrar uma oportunidade que se molde aos seus planos e expectativas. Também é possível entrar em um grupo já em andamento, mas aí é você quem precisa se adequar às condições do consórcio, que já foram todas firmadas no momento de sua criação.

Uma vez que você já possui a cota, são duas as formas de ser contemplado para finalmente obter sua carta de crédito:

  • Sorteio: todos os participantes do grupo que estiverem em dia com seus pagamentos participam dos sorteios, que costumam ocorrer mensalmente durante as assembleias (que são as reuniões para definir os premiados do grupo). A empresa administradora do consórcio pode usar os números da Loteria Federal para definir os vencedores ou então utilizar uma metodologia própria de sorteio.
  • Lance: para quem tem pressa em receber a carta de crédito para comprar o bem desejado, a opção mais recomendada é oferecer um lance. As regras para ofertar uma quantia são definidas na formação do grupo. Algumas das opções mais comuns são o lance fixo, um valor pré-determinado em contrato; o lance livre, onde o participante oferta qualquer valor; e o lance embutido, quando o contemplado pode utilizar parte do valor da carta de crédito.

Comprando uma carta de crédito contemplada:

Outra alternativa para quem deseja conseguir uma carta de crédito é comprar um título já contemplado. Essa opção é legal, diante da legislação brasileira, mas é preciso cuidar sempre para não cair em golpes.

Se você considerar essa operação, faça uma checagem reforçada para ver se a carta de crédito está válida e quais as condições oferecidas pelo vendedor dela (valores, taxas, possíveis pendências, etc). Entretanto, depois disso, você deve conferir com a administradora do consórcio se ela está de acordo e apta para realizar a transferência.

Como posso gastar uma carta de crédito?

A carta de crédito, quando liberada para utilização, depois de sorteio ou lance premiado, deve ser usada dentro da categoria contratada. Ou seja, se você entrou em um consórcio para compra de imóvel, deverá adquirir uma casa ou apartamento, e não um veículo, por exemplo.

Estas são as modalidades mais comuns de consórcio:

  • Compra de imóvel: você pode fazer um consórcio para realizar a compra de uma casa, apartamento, terreno, imóvel na planta e reforma de um imóvel que você já possua.
  • Compra de veículos: você pode utilizar a carta de crédito em veículos novos ou seminovos. Pode ser um carro, moto e, em alguns grupos, até caminhão.
  • Consórcio de serviços: consórcios voltados para serviços como viagens, realização de festas, investimento em intercâmbios, procedimentos estéticos, etc.
  • Resgate do investimento: é possível retirar o valor em dinheiro, mas somente quando a utilização da carta de crédito não ocorrer dentro de 180 dias após a contemplação.
  • Quitação de financiamento: em alguns casos é possível usar sua carta de crédito para liquidar um empréstimo ou financiamento.

Quais as principais vantagens?

Um dos principais benefícios oferecidos pela carta de crédito é a credibilidade deste tipo de investimento. Esse é um sistema muito difundido no Brasil, e é uma forma muitas vezes mais econômica de adquirir um bem de valor elevado. Isso porque as taxas do consórcio costumam ser mais em conta do que as taxas de financiamentos ou empréstimos.

Mas a maior vantagem do consórcio é o fato de que, quando você é contemplado, você recebe a quantia inteira na íntegra. Ou seja, quando você decidir pelo bem que irá comprar, terá mais poder de compra, pois poderá oferecer o valor à vista. Dessa forma, aumenta o seu poder de negociação com o vendedor do produto.

Então, com todas essas informações em mãos, agora você está pronto para contratar um consórcio e conquistar a sua carta de crédito! Ainda ficou com dúvidas sobre o funcionamento do consórcio? Clique aqui e saiba mais!  

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.