Início » Consórcio » O consórcio é um tipo de investimento?

O consórcio é um tipo de investimento?

Consórcio é investimento? Saiba como essa opção de crédito pode lhe ajudar

Para quem quer comprar um bem de alto valor, recorrer ao consórcio pode ser uma das melhores alternativas. Esse tipo de crédito é acessível e flexível ao seu orçamento, mas poucas pessoas sabem que o consórcio é um tipo de investimento seguro e que pode te trazer muitos benefícios a longo prazo. Quer descobrir como o seu próximo consórcio pode ser considerado um investimento? Acompanhe o artigo e boa leitura!

O que é o consórcio?

O consórcio é uma linha de crédito bastante famosa pelos seus benefícios. Como todos os outros tipos de créditos disponíveis no mercado financeiro, o consórcio é indicado para quem precisa realizar uma compra de alto valor, mas que não possui renda à disposição para pagá-lo à vista. A administradora responsável pelo consórcio precisa ser registrada pelo Banco Central e é ela quem organiza os grupos de consorciados de acordo com o bem desejado.

Suponhamos que você contrate um consórcio para comprar um imóvel; a empresa então te colocará em um grupo onde todos os integrantes têm como desejo a compra de um imóvel. Diferente do financiamento e do empréstimo, o consórcio é um tipo de crédito indicado para quem deseja realizar uma compra a longo prazo.

Ou seja, isso significa que você só poderá comprar o bem quando todas as parcelas estiverem quitadas.

É possível obter o bem antes do prazo no consórcio?

Para te ajudar a agilizar o processo de compra, as administradoras organizam mensalmente assembleias. Nesses eventos, é possível ter sua carta de crédito sorteada ou oferecer lances em dinheiro visando antecipar o seu tempo de contemplação. Você poderá ser sorteado na primeira assembleia, mas isso não é garantido. Sendo assim, é importante pensar no prazo e no valor das prestações no momento de fechar o consórcio.

Além disso, ele possui prazos bem acessíveis, pois as prestações se adaptam ao seu planejamento pessoal e a sua renda. Ao contratar um consórcio fica mais difícil passar apertos financeiros, afinal as parcelas podem ficar bem baratas.

Uma outra grande vantagem é não se preocupar com encargos indexados no valor das prestações, pois o consórcio não cobra juros! Quando sua carta de crédito é contemplada, você pode realizar a compra do bem com o pagamento à vista. Isso porque as administradoras liberam o valor integral do bem, o que aumenta a sua chance de negociar descontos ou conseguir mais benefícios com a compra.

Para se tornar um consorciado, você não precisa dar uma quantia de entrada e algumas administradoras não pedem documentação para comprovar a sua renda.

O que é investimento?

Os investimentos são um tipo de aplicação visando um benefício futuro. Essa ação não se prende apenas a questões financeiras. Muitas vezes investimos tempo, energia e atenção em diversas tarefas da nossa rotina.

Isso significa que podemos entender que um investimento é tudo aquilo que há uma certa expectativa de ganho ou resultado no futuro. Pensando nisso, no mercado financeiro, investimento é quando você aplica seu dinheiro para que ele te traga rendimentos no futuro.

No mercado, esse rendimento só é garantido por conta dos juros compostos, são eles que fazem seu dinheiro multiplicar através do tempo. Lá não existe um valor fixo do quanto um investimento específico poderá chegar, esse número vai depender de dois fatores: por quanto tempo ele está sendo aplicado e quais os juros estão indexados nesse investimento.

Investir é diferente de poupar, especular e apostar. Nos investimentos existem perspectivas, cálculos e análise de dados. Algumas ações no momento da compra conseguem trazer algumas possibilidades de lucro, mas todos os tipos de investimentos possuem riscos.

Para quem quer começar a investir, a recomendação é sempre começar a pesquisar sobre o mercado, saber qual o seu perfil de investidor e traçar estratégias. Assim, os riscos são menores e seu dinheiro não sofre.

Consórcio é investimento?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o consórcio e investimento, chegou a hora de entender porque o consórcio também é um tipo de investimento. Isso porque, ao realizar um investimento, você está aplicando seu dinheiro em uma transação que trará retorno a longo prazo.

Como já falamos, o consórcio se enquadra em um tipo de compra a longo prazo onde você destina um valor da sua renda para usufruir do bem daqui a alguns anos. Então digamos que você iniciou um consórcio para comprar uma casa e foi contemplado por sorteio.

Nesse exemplo, o imóvel escolhido é bem amplo. Isso oferece a possibilidade de você alugar parte do espaço e começar a ter uma renda extra todo mês. Ainda há a possibilidade de você iniciar um consórcio para um imóvel na praia. Nesse caso, você pode usufruir dele durante suas férias e colocá-lo para aluguel no resto do ano.

Essas práticas são bastante comuns e ainda te garantem um bom dinheiro para a manutenção do imóvel ou para tirar certos sonhos do papel. Em ambos os casos, você está tendo um retorno financeiro considerável e dependendo da situação pode até multiplicar o seu dinheiro através do tempo.

Diante disso, podemos concluir que sim, o consórcio é um investimento seguro, e é indicado para você e todos aqueles que querem realizar seus sonhos a longo prazo com um bom planejamento.

Outras pessoas usam o consórcio como fonte de renda, pois é possível vender cartas de crédito contempladas. Essa transação é autorizada por diversas administradoras, e oferece vantagens aos clientes que recorrem a esse tipo de negociação. Os responsáveis pela venda podem cobrar cerca de 30% a mais do valor do crédito, já que essa quantia será o lucro da operação.

Conclusão:

Como qualquer investimento, o consórcio também demanda planejamento e a partir dele você pode conseguir estabelecer uma relação mais saudável com o seu dinheiro. Assim, em alguns anos você pode ir aumentando suas posses e passa a viver do retorno financeiro que elas te trazem.

Agora que você já descobriu que o consórcio é um tipo de investimento, chegou a hora de simular e planejar o seu futuro com a renda extra que esse bem pode te trazer! Faça uma simulação aqui!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.