Início » Consórcio » Consórcio em andamento é melhor do que começar do zero? Entenda!

Consórcio em andamento é melhor do que começar do zero? Entenda!

Casa e dinheiro representados em miniaturas

Muita gente tem perguntas e mais perguntas quando o assunto é consórcio. E quando finalmente se consegue entender a formação de um grupo, surge também a alternativa de participar de um consórcio em andamento

Então, é aí que novas dúvidas aparecem e outros detalhes precisam ser considerados antes de escolher qual a melhor opção.

Quando uma empresa administradora de consórcios começa a organizar um novo grupo, as expectativas sempre são positivas. O objetivo é reunir um bom número de pessoas interessadas nas cotas disponíveis. Na maioria das vezes, os grupos chegam a ter centenas de integrantes de todo o Brasil.

Mas, o que as administradoras também sabem é que é natural que ocorram inúmeras desistências e cancelamentos de cota ao longo de toda a duração do grupo. Acredite, imprevistos financeiros podem acontecer até para as pessoas mais organizadas!

Então, a administradora autoriza que os titulares das cotas sejam substituídos, se houver novos interessados. Isso tudo para não sair no prejuízo e não prejudicar a saúde financeira do grupo. E é aí que entram as chances de adquirir um consórcio em andamento.

Quais as diferenças entre um consórcio em andamento e um consórcio novo?

Para entender como funciona um consórcio em andamento, vale a pena compará-lo com a opção de começar do zero.

Em todos os tipos de transação haverão pontos positivos e negativos. Por isso é essencial a compreensão do regulamento de cada administradora e das características do grupo que você pensa em fazer parte – seja ele novo ou em andamento.

Prós e contras do consórcio novo:

Quando você entra em um consórcio novo, você pega todas as fases de formação e pode estar presente na assembleia de inauguração. A administradora tem 90 dias para finalizar o processo de composição do grupo, a contar da assinatura de abertura do mesmo.

Uma coisa negativa que pode ocorrer nesse caso é de você adentrar o grupo logo no início, começar a pagar as parcelas e, depois de 90 dias, a administradora declarar que não conseguiu reunir pessoas suficientes. Mesmo que você receba seu dinheiro de volta, lá se foram alguns meses desperdiçados.

Algo positivo é que você encontra mais opções que se moldem às suas expectativas e pode ser mais fácil de negociar até que você encontre os termos ideais (quantidade de parcela, valores das prestações, duração do grupo, etc).

Prós e contras do consórcio em andamento:

A principal vantagem de entrar em um grupo em andamento aparece para quem pretende dar um lance na tentativa de contemplação no consórcio. O que acontece é que, normalmente, os lances de valor mais elevado costumam ocorrer nos primeiros meses do grupo. 

Assim, se você entrar depois que algumas contemplações por lance já tiverem sido feitas, fica mais fácil oferecer uma oferta forte.

Outra coisa boa é que você pode solicitar à administradora o histórico de lances vencedores do grupo. Assim, caso você pretenda ofertar um valor, é possível calcular uma média e montar sua estratégia para aumentar as chances na disputa.

E, mesmo que você decida esperar ser sorteado, ao pegar um grupo de consórcio em andamento muitos consorciados já foram contemplados, o que aumenta suas possibilidades de sair vencedor.

Quando o grupo já está formado, você precisa aceitar as condições firmadas nas assembleias anteriores. Mas, em geral, isso não costuma ser um problema. Isso porque os grupos são mediados pela administradora, que sempre orienta os consorciados a tomarem as melhores decisões. 

De qualquer forma, consulte todos os detalhes antes de fechar negócio para ver se você concorda com os assuntos já deliberados.

Como faço para participar de um grupo em andamento?

Novos cotistas podem entrar no grupo a qualquer momento, desde que existam vagas disponíveis. E as cotas preenchidas acontecem de duas formas:

Compra de cota direto com a administradora do consórcio

Às vezes a administradora inicia o grupo ainda com algumas vagas sobrando, pois, já atingiu o número necessário para dar a largada do consórcio, mas ainda pode aceitar novos consorciados que cheguem depois.

Ao consultar a administradora de sua preferência, pergunte se existe algum consórcio em andamento e peça para entender as características dele. Escolha um valor de carta de crédito e veja se ele é compatível com o grupo.

Caso você concorde com todos os detalhes, você fecha o contrato e já passa a estar ativo assim que pagar a primeira prestação. Na assembleia seguinte você já tem direito de dar um lance e concorrer no sorteio.

É quase como entrar em um grupo em formação, com uma diferença: suas parcelas podem ficar um pouco mais caras que a dos demais participantes. Isso porque a administradora precisa cobrar a diferença pelos meses iniciais. 

Mas fique tranquilo, pois os valores podem ser diluídos na totalidade dos pagamentos e talvez você nem perceba a diferença.

Compra de cota por transferência

Essa é uma prática bem comum, mas que precisa de muito cuidado e pesquisa. As transferências de cotas ativas são permitidas pelo Banco Central do Brasil, que é quem regula todos os consórcios do país.

Portanto, se o titular do consórcio planeja vender sua parte para outra pessoa, a administradora deve aceitar a operação, desde que a mesma siga todas as exigências previstas no regulamento do grupo.

Esse tipo de transação faz-se entre titular e comprador, sem que a administradora interfira. Ela oficializa o negócio apenas na solicitação real da transferência.

Nesta categoria de compra de cota em andamento, você precisa negociar com o titular os valores do consórcio que foram já pagos por ele e qualquer valor em aberto com a administradora. Quando a transferência é feita para o seu nome, você assume as prestações até o encerramento previsto em contrato.

Quando encontrar uma pessoa que deseja vender uma cota, analise se a carta de crédito é compatível com o bem que você pretende adquirir na contemplação. Peça também para conferir extratos e histórico da cota, e solicite à administradora para checar se todos os dados conferem. 

Ainda, é comum a tentativa de venda de consórcio em andamento com falsas cotas de consórcio, por isso, certifique-se de que o negócio que você vai fechar é verdadeiro.

Através dos sites das empresas administradoras você pode pesquisar se existem grupos de consórcio em andamento. Dê uma conferida e faça logo uma simulação online!

Por fim, se você quer ter uma noção das parcelas para começar um consórcio do zero, clique AQUI e faça sua simulação!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: