Início » Consórcio » Qual consórcio tem a menor taxa de administração de 2020?

Qual consórcio tem a menor taxa de administração de 2020?

Quer descobrir qual consórcio tem a menor taxa de administração de 2020? Descubra aqui

Uma das maiores vantagens de contratar um consórcio para compra de um bem de alto valor é o fato dessa modalidade de crédito não cobrar taxa de juros. Apesar disso, o consórcio trabalha com a taxa de administração, que pode variar de acordo com a administradora. Quer descobrir qual consórcio tem a menor taxa de administração de 2020? Acompanhe esse artigo!

O que é consórcio?

Antes de falarmos sobre qual consórcio tem a menor taxa de administração, vamos entender mais sobre o que é e como essa modalidade de crédito funciona. De modo geral, esse tipo de crédito é parecido como uma poupança em grupo que é organizada por uma administradora de confiança registrada pelo Banco Central do Brasil

Ao pensar em contratar um consórcio, você deve fazer um levantamento do valor do bem que deseja comprar e planejar seu orçamento para essa nova despesa. Com esses dados em mãos, é hora de procurar uma administradora responsável apenas por consórcio ou até contatar uma instituição financeira de sua confiança. 

Nesse momento, a empresa te mostrará as possibilidades e prazos para ser contemplado e usufruir do bem desejado. Com o contrato assinado, você passa a fazer parte de um grupo de consorciados que possuem o mesmo bem como objetivo. Imagine que você inicia um consórcio para comprar uma casa, todos os integrantes do grupo que você faz parte também querem comprar um imóvel.

Dessa forma, vocês almejam o mesmo bem e contribuem para alcançar esse sonho que só será alcançado quando todas as parcelas acordadas estiverem quitadas. Esse tipo de contemplação pode levar anos e, para agilizar essa negociação, as administradoras são responsáveis por realizar as assembleias mensais.

Durante as assembleias, a empresa sorteia cartas de crédito e abre para todos os consorciados a possibilidade de ofertar lances. Além disso, por conta desses eventos, você pode ficar muito mais próximo do bem que deseja comprar e não precisa esperar tanto tempo para usufruir dele.

Quais as taxas cobradas pelo consórcio?

Cada parcela paga no consórcio é subdividida e destinada para custear algumas taxas, mas ainda assim esse tipo de crédito é bem mais barato que o financiamento. Nesses casos, os juros costumam ser indexados a outras taxas, o que faz o valor final pago ser bem mais alto que a quantia solicitada por você no início do financiamento.

Muitas pessoas preferem optar pelo consórcio pois essa modalidade de crédito não cobra nenhum tipo de juros. Por isso, fica mais fácil de encontrar parcelas mais acessíveis e condições de pagamento que cabem no seu bolso. Todavia, há cobrança de taxas dentro de cada prestação. Conheça:

Fundo comum

Ao fazer parte de um grupo de consorciados, todos os membros pagam as mensalidades e ajudam a manter um fundo comum. Ou seja, o valor destinado para a compra do bem em si constitui essa reserva, que serve como o caixa do grupo do consórcio.

O fundo comum recebe a maior porcentagem de valor das parcelas e essa quantidade pode variar de acordo com o tipo de contribuição.

Fundo de reserva

No consórcio, você depende do pagamento das parcelas dos outros integrantes, da mesma maneira que eles dependem da sua quitação. Por isso, caso algum membro seja sujeito a alguma situação inesperada, o fundo de reserva tem o papel de garantir o funcionamento do grupo.

Desse modo, caso alguém se torne inadimplente, você não sofre e o grupo continua operando normalmente. No final do consórcio, com o grupo encerrado, se houver algum recurso nesse fundo de reserva, o valor é devolvido para os integrantes de maneira proporcional.

Seguro

Dependendo do tipo de bem que você está consorciando, há possibilidades de que seja incluso as prestações de um seguro. E essa operação é parecida com o fundo de reserva! Contudo, a subdivisão dos seguros se dá nos seguintes tipos:

  • Seguro desemprego: Caso você perca o emprego, o seguro pagará algumas prestações até que sua situação financeira se estabilize novamente;
  • De vida: O seguro garante a quitação de prestações futuras se o consorciado vier a falecer;
  • De quebra de garantia: Esse tipo de seguro cobrirá os gastos em situações de inadimplências.

Taxa de administração

Como já falamos, o funcionamento pleno do consórcio depende de uma série de fatores. Por isso, em cada prestação é cobrado uma porcentagem chamada de taxa de administração. Essa taxa é para manter o funcionamento das formações dos grupos, realização das assembleias, organização das regras, entre outros serviços prestados.

A taxa de administração é a forma de remunerar a empresa e cada porcentagem pode variar de acordo com a administradora. Dessa forma, para saber quanto de cada prestação está destinada para a taxa de administração, divide-se a porcentagem total pela quantidade de parcelas do consórcio.

Por exemplo, se a empresa responsável pelo seu consórcio cobra uma taxa total de administração de 10% e o seu consórcio tem um prazo de 50 meses, cada parcela é composta por 0,2% de taxa de administração.

Por esse motivo, mesmo com a taxa de administração, os consórcios são mais baratos que o financiamento. Afinal, cada porcentagem é diluída pela quantidade de meses que você acordou no início do contrato.

Qual consórcio tem a menor taxa de administração de 2020?

Segundo a ABAC, Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio, os tipos de consórcios que possuem a menor taxa de administração de 2020 estão dispostos da seguinte forma:

  • Automóveis, camionetas e utilitários: possuem uma taxa mensal de 0,179% em um prazo médio de 84 meses;
  • Caminhões: taxa administrativa mensal de 0,134%, com um prazo de 115 meses;
  • Motocicletas: 0,288% de taxa de administração, com 60 meses como prazo médio;
  • Imóveis: os imóveis contam com 0,108% de taxa de administração mensal, com um prazo de 220 meses.

As outras modalidades de consórcio menos comuns trabalham com as seguintes porcentagens de taxas administrativas:

  • Eletroeletrônicos: 0,322% ao mês;
  • Máquinas agrícolas: 0,110% ao mês;
  • Serviços (viagens, festas, cirurgias estéticas, entre outros): 0,411% ao mês.

Como conseguir taxas menores?

Para conseguir taxas menores, você deverá fazer muitas pesquisas e procurar o melhor consórcio para a sua realidade financeira. As taxas de administração do consórcio giram em torno de 15% e o montante pago por ela dependerá da quantidade de parcelas que você pretende dividir o valor almejado.

Em contrapartida, outro valor bastante praticado no mercado é a uma taxa um pouco menor, de 12%, que opera da mesma maneira que as outras taxas que já explicamos aqui. Essa taxa também leva em conta o bem que você deseja, por isso a taxa de administração praticada no consórcio de automóveis é diferente da taxa cobrada em um consórcio de imóveis.

Para garantir o melhor negócio, é ideal realizar simulações de consórcio. Aqui na Zela Finanças você sabe qual consórcio tem a menor taxa de administração 2020 e pode contratá-lo para ficar mais perto de realizar o seu sonho!

E então, ficou com interesse? Faça uma simulação agora mesmo!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: