Início » Consórcio » 8 dicas para escolher o melhor consórcio para você!

8 dicas para escolher o melhor consórcio para você!

melhor consórcio

Optar pela compra de um consórcio como forma de adquirir um imóvel, um carro ou algum outro bem de valor mais alto é uma escolha feita por muitas pessoas. Apenas em 2019, houve um aumento na arrecadação de R$121,5 bilhões no segmento, cerca de 26% entre janeiro e fevereiro. Os números mostram a forte adesão ao consórcio, com muitas opções de empresas que oferecem a modalidade. Cabe ao interessado escolher o melhor consórcio. Mas como tomar essa decisão?

É o que você confere a seguir na lista de 8 dicas para a escolha do melhor consórcio.

Como escolher o melhor consórcio

1 –  Pesquisar muito sobre a administradora

Para tomar uma decisão consciente sobre o investimento, é recomendado procurar as principais empresas que trabalham com consórcios e avaliar todas as opções disponíveis, exigências, contemplações, entre outros detalhes. A primeira informação a ser consultada, no entanto, é se a administradora é autorizada pelo Banco Central para trabalhar com consórcio. Em geral, isso pode ser conferido direto no site da empresa.

Outra fonte de referência é o site da ABAC (Associação Brasileira de Administradora de Consórcios). Embora a participação na entidade não seja obrigatória, estar entre as empresas associadas é um ponto a favor é um forte indício de que a organizadora é idônea e séria.

2 – Considerar todos os valores contidos nas parcelas

Um erro comum na hora de contratar um crédito é calcular apenas se as mensalidades cabem no bolso e esquecer outras taxas que podem ser cobradas, como a de administração. Por isso, considerar todos os valores é uma atitude que ajuda a decidir de maneira consciente pelo investimento, mostrando o valor total investido (CET) no bem e evitando surpresas quando começarem a chegar os boletos.

3 – Encontrar adequado um valor da carta de crédito

Ao investir em um consórcio, você precisa ter claro qual o seu objetivo neste investimento. Qual imóvel ou carro pretende comprar? Qual o valor do bem desejado? De nada adianta aderir apenas pela facilidade e se frustrar quando, no momento da contemplação, a carta de crédito não cobrir o item que escolhido.

Algumas empresas ainda permitem a solicitação de um valor remanescente para concluir a compra. Verifique se a administradora que você está pesquisando oferece essa opção. Outro ponto a ser conferido é se há correção de valores pela inflação. Empresa sérias do setor de consórcio costumam oferecer essa atualização aos seus clientes. Veja como isso funciona entre os consórcios que você está avaliando.

4 – Escolha mensalidades coerentes com sua realidade

Outro item importante para decidir o melhor consórcio é o valor das mensalidades. Será que realmente cabem no seu orçamento? Tem certeza que conseguirá quitá-las dentro do prazo de vencimento? Se as respostas para essas perguntas forem negativas ou gerarem dúvidas, considere uma administradora que ofereça condições mais amenas de parcelamento.

Para essas situações, provavelmente o prazo total do consórcio será estendido, mas você terá a certeza de que os acertos não prejudicarão seu orçamento. Esse cuidado garante que você manterá seu crédito em dia, e evita que perca a contemplação por ter parcelas em atraso. 

Lembre-se: não honrar com o pagamento até o vencimento incide na cobrança de multas e juros, ou seja, a inadimplência acaba encarecendo o custo do bem.

5 – Ler com atenção o contrato

O contrato traz todas as cláusulas que envolvem o consórcio, incluindo quais as penalidades pelo não-pagamento das parcelas, como funcionam os sorteios e de que forma ocorre a liberação da carta de crédito. Por isso, reserve um tempo e dedique-se à leitura do documento para avaliar cuidadosamente todas as informações, com atenção em itens como multas que podem ser cobradas em casos de desistência.

Não tenha medo de esclarecer todas as dúvidas antes de assinar o contrato. Ter esses pontos ajustados é essencial para que você faça a escolha com consciência e tome a melhor decisão. Se necessário, procure um advogado ou um profissional com experiência em consórcio para trazer clareza sobre as informações que constam no contrato.

6 – Regras sobre contemplação e lances

A contemplação acontece quando a pessoa é sorteada para receber a carta de crédito para a aquisição do bem. Essa liberação também pode ocorrer mediante o pagamento de lances, como em um leilão ― a pessoa que oferecer o maior valor consegue a carta daquele mês.

Porém, as administradoras contam com regras específicas que precisam ser conferidas antes de fechar o contrato. Ter isso esclarecido evita que você seja lesado, e, ao mesmo tempo, pode até ajudar na preparação para que você consiga rapidamente sua carta de crédito.

7 – Prazo do consórcio

Não há como garantir quando a carta de crédito será liberada para você. Com um pouco de sorte, talvez nos primeiros meses o valor já esteja disponível. Caso contrário, é preciso ter um pouco de paciência e esperar sua contemplação, que pode acontecer somente no final do prazo. Aliás, é importante confirmar o prazo do consórcio, principalmente quando se trata de um evento com data para acontecer, como uma festa ou uma viagem.

De maneira geral, existem consórcios com prazo final bem curto, mas que trazem prestações com valores mais altos. A dica principal neste caso é pesquisar as opções e avaliar em qual data você precisará do bem. Confirme o prazo e reflita se pode esperar até a data final. Se não, melhor buscar outras opções. Lembrando que esse cuidado é essencial para avaliar qual o melhor consórcio de acordo com o seu planejamento.

8 – Use o Reclame Aqui

Checar o histórico da empresa e a reputação do mercado, a fim de constatar denúncias ou reclamações é mais uma sugestão para quem está no momento da escolha do consórcio.

Um dos melhores termômetros para entender a qualidade e a reputação de um consórcio é o Reclame Aqui. O site traz queixas de consumidores, que buscam soluções para problemas enfrentados na aquisição de produtos ou na contratação de serviços de diferentes segmentos, inclusive o de consórcios. Além disso, também mostra as respostas da empresa, o índice de conclusão de problemas e se o consumidor ficou satisfeito com o atendimento prestado.

Por isso, é recomendado acessar o Reclame Aqui antes de fechar um contrato com qualquer administradora de consórcio, mesmo aquelas mais conhecidas no mercado. Isso porque a avaliação sempre ajuda a entender que a empresa oferece o suporte devido aos seus clientes.

O que achou dessas dicas? Não tenha pressa na hora de escolher o melhor consórcio. O importante é avaliar com calma suas condições financeiras e escolher a opção mais adequada de acordo com suas metas e limitações.

Aproveite que você já sabe como escolher o melhor consórcio, simule as melhores parcelas para tomar a decisão!