Início » Consórcio » Tabela para consórcio de imóveis: conheça aqui!

Tabela para consórcio de imóveis: conheça aqui!

torres de prédios que podem ser obtidos a partir da tabela de consórcio de imóveis

O consórcio é uma excelente opção de crédito para quem está pensando em realizar um sonho antigo, mas que não tem pressa em tirá-lo do papel. Para quem está sonhando em comprar uma casa, a tabela de consórcio de imóveis é um grande indicativo de como será o negócio e pode te ajudar a decidir as melhores condições. Confira!

Nesse artigo, vamos te explicar sobre a importância da tabela de consórcio, como ela funciona e quais os benefícios dessa modalidade de crédito. Acompanhe a leitura!

O que é o consórcio de imóveis?

O consórcio de imóveis é uma ótima alternativa para quem não tem urgência em concretizar seus planos, já que ele funciona como uma poupança coletiva. A administradora responsável pelo negócio junta um grupo de pessoas que possuem interesse no mesmo tipo de bem. Por isso, existem diferentes grupos de consórcio para diferentes bens ou serviços.

Como funciona o consórcio de imóveis?

Ao iniciar as negociações, você deve informar o valor que precisa e qual prazo estipulado no seu planejamento para quitação total do bem. Nesse momento você terá acesso a tabela de consórcio de imóveis, onde constam os valores e a quantidade de parcelas fixas disponíveis para a sua solicitação.

O consórcio consegue te dar um tempo máximo de contemplação, mas isso pode mudar já que essa modalidade de crédito trabalha com o lance e o sorteio. Essas duas alternativas podem diminuir o tempo de espera para usufruir do bem almejado. É importante que você não se apegue a esses critérios e analise a sua situação financeira ao assinar o contrato. Afinal, as chances de ser sorteado no início ou no final são as mesmas.

Como a tabela de consórcio pode me ajudar?

A tabela de consórcio será um norteador para sua negociação e poderá te explicar mais sobre os custos que estão atrelados às parcelas. A maior vantagem do consórcio é que você não precisa pagar um valor de entrada e não existem juros somados às prestações, mas dentro do valor das parcelas existem alguns encargos de operação. Por exemplo:

Fundo Comum 

O fundo comum, ou FC, corresponde a porcentagem da parcela que será destinada para a compra do bem em si. É essa quantia que será “devolvida” a você quando a sua carta de crédito for aprovada e possibilitará a compra do bem almejado.  

Fundo de reserva

Essa porcentagem do valor é destinada unicamente para proteção e funcionamento do grupo no geral. Como o próprio nome diz, ela servirá de reserva caso ocorra algum problema ou casos de inadimplência, permitindo que nenhum integrante sofra se houver alguma emergência. Ao final do grupo, a administradora verifica a existência de recursos no fundo de reserva e devolve o valor aos consorciados de maneira proporcional.

Taxa de administração

A taxa de administração é destinada unicamente para a administradora do consórcio. Esse valor corresponde aos serviços realizados pela empresa na gestão do grupo e das negociações. Esse valor não é fixo, podendo variar de acordo com a administradora e todas as parcelas terão uma porcentagem desse valor incluso.

Por exemplo, se a taxa de administração total é de 15% e as parcelas serão pagas em 200 meses, o valor destinado para a TA corresponde a 0,075% das prestações.

Seguro

No caso do seguro, ele não é uma taxa obrigatória, ficando a sua escolha aderir ou não no seu consórcio. Algumas administradoras informam na hora do fechamento do contrato se as mensalidades estão somadas ao seguro, outras oferecem como um serviço à parte. Para aqueles que estão com receio de contratar um consórcio, o seguro pode ser um bom investimento que pode te deixar mais tranquilo.

Proteções que o seguro oferece

Algumas proteções garantidas pelo seguro em consórcio:

  • Quebra de garantia: Caso você fique inadimplente por um período, o seguro te dará uma proteção adicional para que não perca seus direitos como consorciado;
  • Seguro desemprego: Garantia de pagamento de alguma parcela caso você fique desempregado; e
  • Seguro de vida: Em caso de morte do consorciado, essa cláusula do seguro garante o pagamento de uma boa quantidade de parcelas.

Não se esqueça: o seguro de consórcio protege apenas as suas condições de pagamento, ele não tem papel algum na proteção do bem que você vai adquirir pelo consórcio.

Além de tudo isso, a tabela de consórcio de imóveis se adapta com os reajustes do mercado. Ou seja, ela é alterada periodicamente para que os valores e as condições de pagamento sejam iguais tanto para os novos consorciados, quanto para os antigos. Se você já foi contemplado ou não, o reajuste será aplicado em seu consórcio, mas você ainda terá garantia de ter acesso ao bem referencial. 

Exemplificando, digamos que no início do consórcio o imóvel específico que você estava de olho tinha o valor de R$100 mil. Após um ano de contribuição, o valor do mesmo imóvel sofreu uma alteração e passou a valer R$150mil, mas hoje ele já está valendo R$200mil.

Sem reajuste, os únicos beneficiados seriam os consorciados do primeiro ano, pois apenas eles poderiam comprar o imóvel. Os outros integrantes de novos grupos teriam que procurar imóveis inferiores ao desejado ou completar o valor do crédito que falta para aquisição do bem. Para que isso não aconteça, o reajuste é aplicado e evita prejuízos para os consorciados mais recentes e para a administradora.

Conclusão

A tabela de consórcio de imóveis garante que todos os consorciados tenham direito à compra do imóvel desejado, traz segurança para as administradoras e é uma aliada para quem ainda não sabe muito bem como funciona essa modalidade de crédito.

Como vimos, ainda que não tenham juros somados no valor final, a parcela do consórcio se divide em diversos caminhos: fundo comum, fundo de reserva, taxa de administração e seguro. Esses encargos compõem porcentagens pequenas do valor final. Tudo isso deixa o consórcio bem mais rentável do que o financiamento, e é diluído conforme a quantidade de parcelas acordadas.

Para a segurança do seu dinheiro e do seu bem, a tabela de consórcio é feita para que a sua negociação seja acessível ao seu bolso e não comprometa seu orçamento. Fique atento a todos esses detalhes, pois são eles que farão diferença no momento do recebimento da carta de crédito!

Agora que você aprendeu mais sobre a tabela de consórcio de imóvel e como ela é importante para o seu investimento, procure a melhor condição e realize seus sonhos. E se você quiser fazer uma simulação de seu consórcio, é só clicar aqui!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: