Início » Dicas » Onde morar em Belém: principais bairros

Onde morar em Belém: principais bairros

Você conhece os melhores bairros de Belém? Acesse e descubra tudo que precisa para viver na capital paraense!

Mudar para uma nova cidade é sempre um desafio e é essencial pesquisar bastante antes de tomar uma decisão, principalmente se a ideia é comprar um imóvel. Ou mesmo se você já conhece a região, mas pretende se mudar para um novo bairro, a busca pela vizinhança ideal é cheia de detalhes. Se você está analisando quais os melhores bairros de Belém, separamos algumas dicas valiosas para ajudar nessa tarefa.

Clima

A primeira informação importante sobre a capital do Pará é que ela é uma das cidades mais úmidas e chuvosas do país. A média de umidade no ar é de 98%, portanto, esteja preparado para pancadas de chuva diárias. Além disso, o calor é constante durante o ano todo, com temperaturas que variam entre 30°C e 42°C.

Para amenizar um pouco o calor e purificar o ar, a cidade conta com muitas mangueiras espalhadas por todo seu território. Estima-se que a “cidade das mangueiras”, como é conhecida, seja 30% coberta com as árvores dessa espécie.

Trânsito

As ruas da cidade registram diariamente diversos pontos de congestionamento, então uma recomendação importante na hora de escolher onde morar em Belém é encontrar uma localidade próxima do trabalho e de outras atividades diárias. É importante calcular quanto tempo levam as jornadas a pé, de ônibus ou de carro, para prever como será seu dia a dia.

A partir destes pontos de destaque, vamos agora para os bairros mais atrativos de Belém:

Umarizal

Começamos essa lista com o Umarizal, que é tido como o bairro mais bonito da cidade, além de ser o mais caro para se viver e de maior valorização – possui o metro quadrado mais elevado do município.

De caráter primordialmente residencial, a região tem uma boa oferta de restaurantes, bares e baladas, com destaque para a Avenida Almirante Wadenkolk. Para o público festeiro, é no Umarizal que ficam as festas mais requisitadas, tanto entre belenenses como entre os turistas que estão de passagem.

Com constantes investimentos em novos condomínios e infraestrutura, o Umarizal conta com um dos melhores índices de policiamento do município. Os moradores do bairro usufruem de grandes supermercados, agências bancárias e de correios e há também grande quantidade de hospitais e escolas.

Para o lazer, o bairro conta com a Praça Brasil, muito frequentada nos finais de semana. Há também o complexo Ver-o-Rio, próximo ao Porto de Belém, às margens da Baía do Guajará. Neste espaço pode-se curtir shows, feiras especiais, comida típica, bares e muito mais.

Alguns pontos turísticos ficam por ali, como o Museu Emílio Goeldi, o Teatro Universitário Cláudio Barradas e o Espaço Cultural Ministro Orlando Teixeira da Costa.

Nazaré

Você já ouviu falar no Círio de Nazaré? É neste bairro de Belém que acontece essa que é considerada a mais importante festa religiosa do mundo. As celebrações, que ocorrem sempre em outubro, tomam conta das tradicionais e arborizadas ruas do bairro, principalmente no entorno da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré.

Em alguns pontos há bastante contraste visual, já que o bairro ainda preserva muitas construções históricas, mas também tem prédios residenciais mais recentes. Por ser um bairro bastante turístico, possui ótima infraestrutura e uma boa rede de serviços e comércio. Também se destacam os restaurantes, cafés, bares e espaços turísticos e culturais, como o Memorial dos Povos, o Palacete Bolonha, o Instituto de Artes do Pará e o Palacete Augusto Montenegro.

Nazaré fica na região Centro-Sul e possui trânsito intenso durante o dia, mas à noite é agradável e tranquilo. É um bairro encantador para se observar os casarões e palacetes construídos na Belle Époque de Belém.

Junto com o Umaziral, tem as melhores possibilidades para quem curte a vida noturna, mas nada que tire o sossego dos moradores. E para quem gosta de compras, o complexo de lojas da Avenida Brás de Aguiar chama atenção por conta de suas grifes famosas – a via recebeu o apelido de rua mais chique de Belém.

Batista Campos

Este é um bairro que cresceu junto com a expansão de Belém, e mescla um estilo de vida urbano com a tranquilidade de uma área residencial. Embora a capital paraense seja uma cidade considerada violenta, esse é um dos bairros mais seguros para se viver.

Nas últimas décadas, nota-se no bairro um intenso crescimento vertical, tanto de prédios residenciais como comerciais. Mas ainda assim o verde predomina, e um bom exemplo é a Praça Batista Campos, considerada uma das mais belas do Brasil. Ali os habitantes podem encontrar árvores nativas da Amazônia enquanto desfrutam de momentos de lazer com a família.

O Shopping Pátio Belém e seu entorno oferecem todas as facilidades comerciais e de serviços aos moradores do bairro. A Feira Livre é a favorita de quem prefere alimentos frescos, e ponto tradicional para um pastel com caldo de cana. Outro ponto de destaque, tanto para a população local quanto para os turistas, é a Praça Milton Trindade, referência da cultura e flora amazônica.

Marco

O bairro carrega este nome pois, na virada do século XIX para o XX, foi delimitado ali o limite da cidade. A ideia é que a região seria o marco final do município, mas no fim o território continuou se expandindo.

O Marco fica entre o Centro e a periferia da cidade, e tem caráter primordialmente residencial. Possui bom transporte público e tem como suas principais vias a Avenida João Paulo II e a Avenida Almirante Barroso.

Um dos pontos mais conhecidos do Marco é o Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves, visitado por moradores da cidade toda. É um bairro em expansão principalmente porque diversos órgãos públicos foram realocados para a região. Ficam no bairro a Câmara de Vereadores, o Tribunal de Justiça, dois campus da Universidade do Estado do Pará (UEPA) e o Sesi, entre outros endereços importantes do município.

A vida em uma das principais capitais da região norte é dinâmica e está em constante evolução. Agora que você já conhece os melhores bairros de Belém, comece seu planejamento o quanto antes!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: