Início » Dicas » Como comprar seu imóvel? Tudo o que você precisa saber!

Como comprar seu imóvel? Tudo o que você precisa saber!

São muitas as possibilidades para comprar um imóvel. Realize seu sonho com nossas dicas.

Sair do aluguel e comprar um imóvel muitas vezes significa o início de uma nova etapa da vida. Muitas pessoas que querem comprar uma casa não sabem como esse processo funciona, o que deve ser pensado antes da compra e qual a melhor forma de realizar esse sonho. Para te ajudar a comprar o seu imóvel e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto, acompanhe esse artigo!

Como comprar imóvel?

Iniciar um planejamento para estar preparado financeiramente é o primeiro passo para comprar uma casa. Tenha em mente que adquirir um imóvel não é um investimento barato.

Além de envolver a manutenção da casa, você ainda terá de pagar as parcelas referente à propriedade em si. Por isso, se o seu maior sonho é comprar uma casa, o seu planejamento deve começar o quanto antes.

Ao organizar a sua renda, gastos e todas as dívidas, você tem uma visão mais ampla de sua situação financeira atual e ainda descobre para onde o seu dinheiro está indo. Dessa forma, é possível calcular quantos anos pode durar as prestações da sua futura casa e qual o melhor valor das parcelas. Assim, você irá atrás de um acordo que caiba no seu bolso.

Um outro detalhe importante é saber qual o lugar que você deseja residir, saber a segurança da região, quais os comércios por perto, entre outros. Pode parecer pequeno, mas tudo isso deve influenciar na escolha do imóvel, pois dependendo da sua rotina e do tamanho da sua família talvez a localidade escolhida não consiga atender suas necessidades.

Digamos que você tenha filhos pequenos e precise deixá-los em uma creche durante a semana. Nesse momento de procura da casa ideal, pesquise sobre as escolas da região, qual a distância entre a creche e a sua futura casa, verifique a segurança do local e outras especificações. Esses vai ser um ponto importante para a sua decisão final, então fique atento a sua rotina.

Um bom planejamento é sinônimo de economia

Entre os principais fatores de escolha do imóvel está o seu valor. O preço é influenciado de acordo com a região e com o tamanho da casa ou apartamento. Veja alguns fatores que impactam diretamente no preço dos imóveis:

  • Tamanho do móvel;
  • Cidade;
  • Bairro;
  • Condomínio;
  • Duração da construção, entre outros.

Com essas informações fica mais fácil calcular qual o custo-benefício da região que pretende morar. Saber qual o custo de residir no local escolhido é essencial para planejar a compra do seu imóvel. Isso porque, ao comprar uma casa, você provavelmente não venderá a propriedade pelos próximos anos.

Por isso, planejamento é a palavra-chave para conseguir comprar um imóvel. Tenha organização, calma e não desista de procurar. A pesquisa é importante para comparar o tempo de quitação, qual o valor das parcelas e encontrar o lugar ideal para você e sua família.

Infelizmente, não é todo mundo que pode esperar para realizar um planejamento detalhado. Às vezes, a necessidade fala mais alto e falta tempo para comparar preços e encontrar o melhor negócio. Nesses casos, tente reservar alguns dias para se dedicar a uma pesquisa rápida e fazer os cálculos relativos a compra e a manutenção do imóvel.

Quais as opções de pagamento?

Ao estudar o imóvel que deseja comprar, o preço deve ter sido um dos fatores que mais chamaram a sua atenção. Como já falamos, o preço é influenciado por diversos fatores e, mesmo se planejando financeiramente, o sonho da casa própria pode parecer cada vez mais distante.

Mas saiba que o mercado imobiliário conta com diversas opções de crédito para quem precisa comprar uma casa com certa pressa e também para quem quer adquirir o imóvel dos sonhos a longo prazo. Além do pagamento à vista, também é possível realizar financiamentos, empréstimos e até um consórcio para comprar sua casa!

Descubra abaixo algumas opções de pagamento para comprar um imóvel!

Pagamento à vista

Provavelmente essa é a forma de pagamento mais conhecida e, de certo modo, a mais vantajosa. Ao realizar o pagamento total do imóvel de uma só vez, você pode negociar o preço com a construtora e conseguir um bom desconto no preço total do imóvel.

Se esse for o seu caso, não tenha vergonha de pechinchar e conseguir uma condição melhor de pagamento.

Financiamento

O financiamento é um velho conhecido de muitas pessoas e é praticado por diversos bancos renomados e confiáveis. Nesse caso, ele opera como uma compra em parcelas, mas a compra é realizada entre a construtora e a instituição financeira que você escolheu.

Todo o processo é rápido e você pode usufruir do seu imóvel pouco tempo depois do pagamento da entrada. No entanto, por conta de toda essa facilidade os juros costumam ser bem altos.

Essa porcentagem de taxa costuma deixar seu financiamento bem mais caro do que o planejado, o que pode ser perigoso se o seu planejamento não estiver bem definido. Contudo, a maior vantagem desse tipo de crédito é que, se você precisa comprar uma casa com certa urgência, o financiamento viabiliza essa negociação com rapidez.

Antes de fechar o contrato, procure pelas menores taxas de juros e por instituições confiáveis.

Empréstimo

Os empréstimos funcionam quase da mesma forma que o financiamento, mas ele se divide em três tipos mais comuns: pessoal, consignado e com garantia. Cada um desses tipos de crédito possui suas taxas e condições, por isso você precisa estar informado sobre a sua realidade financeira na hora de procurar uma credora.

Fique atento pois a maior taxa de juros está presente no empréstimo pessoal, o que não é benéfico nem para você, nem para o seu dinheiro. No consignado e no empréstimo com garantia, a porcentagem de juros é menor, mas possui condições específicas para serem aplicadas.

Para saber mais sobre empréstimos e qual o melhor para te ajudar a comprar o seu imóvel, leia nosso artigo sobre como conseguir um empréstimo com juros baixos!

Consórcio

Diferente das outras opções de crédito, o consórcio não costuma cobrar juros e ainda é mais acessível para a sua realidade financeira! Ele funciona como uma poupança em grupo e é configurado como uma compra a longo prazo, pois você só terá acesso a sua casa ao final das parcelas.

Como esse tipo de compra costuma ser dividida em muitas parcelas, o consórcio não é indicado para quem possui certa emergência para usufruir da casa. Mas, durante o tempo de espera para contemplação, existem algumas possibilidades para agilizar essa espera e te fazer receber o valor para compra do imóvel antes do prazo.

Ficou interessado em realizar um consórcio para comprar a sua casa? Conheça o nosso simulador de consórcio!

Tenho renda baixa, como posso comprar um imóvel?

Para as famílias de baixa renda, o Governo Federal criou o programa habitacional Minha Casa Minha Vida. Esse recurso oferece financiamento de casas com parcelas acessíveis de acordo com a sua renda familiar bruta, de uma forma compreensível com a sua realidade, para que não fique pesado para o seu bolso!

No Minha Casa Minha Vida, você pode utilizar o saldo do FGTS para quitar o valor de entrada, geralmente 20% do valor total do imóvel. Além disso, ainda é recomendado usar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço para amortizar algumas parcelas.

Esse tipo de programa possui suas próprias regras e operação. Sendo assim, você deve pesquisar mais sobre o MCMV e realizar a soma da sua renda familiar.

Por fim, comprar o seu imóvel não é tão difícil quanto parece e o mercado conta com condições acessíveis para o seu planejamento. Procure agora uma instituição e tire seu sonho do papel!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: