Início » Dicas » Renovação da frota: quando é a melhor hora?

Renovação da frota: quando é a melhor hora?

carros enfileirados lado a lado, simbolizando a renovação da frota

É recomendado que as empresas sempre se mantenham atualizadas para garantir a qualidade de desempenho nos seus processos, ter uma maior eficiência e evitar perdas financeiras. Uma das saídas para melhorar o ritmo de trabalho é fazer a renovação da frota de caminhões e carros, mas como fazer isso? Quando é a melhor hora de renovar os veículos? Vamos te mostrar quais os sinais que indicam se já é o momento ideal de trocar sua frota. Acompanhe a leitura!

Como posso fazer a renovação da minha frota?

Renovar todos os veículos da sua frota exige um alto investimento que muitas vezes não está disponível no seu caixa. Mas, no mercado existem possibilidades viáveis que cabem no seu bolso e ainda podem oferecer opções muito favoráveis para sua empresa. Confira!

Consórcio

Uma das alternativas mais procuradas quando você precisa trocar os carros da frota é o consórcio. Destinado para quem quer conseguir comprar bens em conjunto, o consórcio é bastante vantajoso para aqueles que não querem pagar altos juros e não possuem um valor de entrada disponível para fechar o acordo. Mas, uma das principais desvantagens é que você só tem acesso a quantia acertada no final das parcelas.

Caso precise renovar sua frota com emergência, o consórcio pode não ser a melhor indicação. Porém, ainda é possível diminuir o prazo de entrega por meio dos sorteios e lances durante as assembleias. Atualmente, você pode encontrar diversas administradoras de consórcio que podem adaptar as parcelas e prazos para sua empresa. Pesquise e encontre a melhor opção para sua realidade!

Financiamento

O financiamento é disponibilizado por várias instituições financeiras e credoras e, diferente do consórcio, ele contém uma alta taxa de juros e necessita de um valor de entrada para conseguir fechar o negócio. Sua maior vantagem é poder ter acesso ao valor solicitado em um prazo mais curto, podendo estar disponível na sua conta em até 24h.

Essa facilidade na liberação do dinheiro pode ser a melhor saída para cobrir uma emergência em sua frota e ainda viabiliza a renovação dos veículos de forma rápida.

Terceirização do serviço

Se você busca reduzir custos e ainda manter um alto padrão de excelência de serviço, analise a possibilidade de terceirizar o serviço. Esse tipo de modalidade está se popularizando no Brasil e as pequenas e médias empresas estão optando por ela a fim de diminuir custos. Além disso, caso haja algum imprevisto, as empresas responsáveis estarão disponíveis para te ajudar e ressarcir caso necessário.

Renovar a frota não é uma tarefa fácil, mas você pode estar atento a algumas evidências que podem te indicar que é o momento certo de trocar os carros e caminhões disponíveis em sua frota. Fique de olho nos sinais, procure as melhores opções para concretizar essa troca de veículos e aproveite todas as vantagens que novos carros e caminhões podem trazer a sua empresa!

Quais os sinais de que devo estar atento para realizar a renovação da frota?

Fazer a manutenção regular previne vários riscos, mas alguns desgastes podem acontecer em função do tempo de uso dos veículos. Para que você não seja pego de surpresa, fique atento a alguns sinais que podem estar presentes em sua frota atual. Por exemplo:

Alta quilometragem

Mesmo com várias manutenções preventivas, a alta quilometragem no veículo é um grande alerta que está na hora de trocá-lo. Esse volume de quilômetros percorridos tem ligação direta com a revenda, pois costumam se desvalorizar no mercado, o que deixa mais difícil a recuperação de parte do investimento inicial. É interessante pensar em trocar a frota antes que a quilometragem fique muito alta, pois assim você consegue um preço melhor pelos veículos.

Tecnologia ultrapassada

Muitas tecnologias são implementadas diariamente em veículos e todos os anos os carros estão mais atualizados para novas necessidades. Quando sua frota possui veículos mais ultrapassados, dificulta a possibilidade de melhoria no serviço e os seus clientes podem sentir essa diferença. Essa desvalorização não é boa para os negócios e pode levar a sua empresa a vivenciar situações delicadas com os colaboradores e clientes.

Muitas manutenções 

Com um veículo mais velho, serão necessárias várias manutenções para conseguir extrair a melhor performance dele. Essas manutenções, pequenas ou grandes, podem trazer prejuízos para a empresa e colocar a qualidade do serviço em apuros. Quanto mais manutenções, mais claro fica que o momento de renovação da frota chegou.

Compromisso com o meio ambiente

Grandes empresas estão buscando emitir menos gases na atmosfera e já estão implementando ações para diminuir o impacto no meio ambiente. Com veículos antigos, a taxa de emissão de poluentes é maior visto que na época que foram produzidos não existiam tantas tecnologias assim. De lá para cá, vários veículos que possuem uma maior eficiência energética se popularizaram, eles conseguem entregar mais resultado com menos combustível.

Qualidade no serviço

Como já falamos nos itens anteriores, as tecnologias ajudam a melhorar sua performance e isso reflete diretamente na percepção que os clientes têm da sua empresa. Essa relação de qualidade do serviço e resposta consumidor é a chave das organizações para conseguir manter um alto padrão de excelência e conquistar mais consumidores.

Qual a importância da renovação de frota?

Trocar a frota de veículos da empresa é um grande passo que exige planejamento e gestão para conseguir aplicar uma boa estratégia dentro da empresa. Esse é um investimento alto, mas pode trazer benefícios relacionados a diversas áreas e setores, por isso, vamos te mostrar alguns itens importantes trazidos pela troca dos veículos.

Economia

Ao renovar a sua frota, você substituirá os veículos velhos por modelos mais atualizados e modernos. Ao fazer essa troca, os novos modelos de carros e caminhões estão mais eficientes já que consomem menos combustíveis e ainda apresentam uma necessidade menor de manutenção

Segurança dos colaboradores

Todos sabemos que quanto maior o uso, maior o desgaste dos veículos. Isso demanda mais manutenções e correções, mas infelizmente muitas empresas acabam ignorando a necessidade de realizar esses pequenos reparos. No entanto, isso aumenta o risco de algum acidente com os colaboradores durante a jornada de trabalho. Ou seja, ao renovar a frota, você pode trazer veículos mais novos que precisam de menos manutenção e garantem mais segurança a todos os trabalhadores.

Renovação por outros modelos

Vamos dizer que a sua empresa realizava pequenas entregas e, por isso, o seu investimento inicial foi em um veículo menor que conseguia atender todas as expectativas desejadas e realizava o trabalho de forma eficaz. Mas, agora sua demanda de entregas aumentou e os produtos que você transporta são maiores. Nesse caso, o carro ficou pequeno para cumprir as entregas diárias.

Ao renovar os veículos, você pode analisar a situação da empresa, verificar o fluxo de entregas e estudar a possibilidade de optar por caminhões ao invés de outros carros pequenos mais modernos. Entretanto, essa avaliação deve ser feita pensando também nas expectativas e metas da empresa. Desse modo você fica preparado para atingir esses objetivos traçados e ainda garante o rendimento do trabalho!

Se adaptar as tecnologias

Seu cliente sabe das mudanças diárias da tecnologia e cobrará a eficiência do seu trabalho. Ao optar pela renovação da frota, você garante um atendimento melhor e ainda cumpre com as expectativas dos seus consumidores. Contudo, com uma frota mais antiga, fica mais difícil entregar o melhor serviço e isso pode desmotivar novos clientes. Dessa maneira, é fundamental se manter atualizado para oferecer o serviço eficaz.

E então, ficou mais decidido sobre a renovação da frota da sua empresa? Quem sabe fazer uma simulação de consórcio possa ajudar na sua tomada de decisão?! Clique aqui e simule agora mesmo!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: