Início » Gestão Financeira » Gestão financeira: Salário, como cuidar dele. Veja dicas aqui!

Gestão financeira: Salário, como cuidar dele. Veja dicas aqui!

um notebook sobre uma mesa onde as mãos de uma mulher que opera uma calculadora e anota em papel

O início de um novo mês significa a chegada dos boletos, conta de luz, telefone, internet, cartão de crédito e todo o salário vai embora sem nem nos darmos conta. Por isso, é fundamental que você tenha controle sobre a gestão financeira do seu salário.

Com tantos imprevistos, é ideal que tenhamos uma relação saudável com nossos gastos, por isso, nesse artigo vamos te explicar e dar dicas de como manter a gestão financeira do seu salário!

O que é gestão financeira?

A gestão financeira é basicamente organizar suas finanças da melhor maneira possível. Isso inclui novos hábitos como anotar seus gastos e é uma aliada para controlar como e para onde o seu dinheiro está indo. 

Ter uma relação positiva com suas economias nunca foi tão importante, principalmente em tempos de crise. Essa organização garante mais segurança para você e te ajuda a estabelecer metas com o seu salário ou renda.

Como aplicar a gestão financeira no salário?

Para conseguir manter uma relação harmoniosa com o salário é preciso entender algumas coisas. Mais importante do que o valor do seu salário é aprender como lidar com o dinheiro em si. E o planejamento financeiro é uma peça essencial para conseguir aplicar uma boa gestão do seu salário.

Dicas para cuidar da gestão financeira do seu salário

Para te ajudar nesse planejamento, separamos algumas dicas para aplicar na gestão do seu salário:

Quite suas dívidas

As dívidas costumam reprimir a vontade de se organizar financeiramente, mas elas são um ponto importante na hora da gestão do seu salário. Anote quais são suas pendências financeiras e tente negociá-las.

Não tente criar um novo gasto para pagar uma dívida antiga. Empréstimos pessoais são uma grande tentação, mas podem gerar uma dor de cabeça. Procure encontrar o melhor acordo com os envolvidos e corra dos juros!

Anote seus ganhos e gastos

Para conseguir ter um controle financeiro mais proveitoso, coloque no papel todo dinheiro que entra e todo o valor que sai. Desse modo, você irá conseguir analisar melhor suas opções de pagamento, anotando os gastos fixos e variáveis.

Você consegue encontrar planilhas prontas e até aplicativos para registar todos valores que compõem seu orçamento. Assim, é possível saber quanto e como pode poupar e esse hábito ajudará a identificar o que está desequilibrando seu planejamento.

Não deixe para amanhã a gestão financeira do salário

O pensamento de procrastinar uma tarefa não vai te ajudar a solucionar seus problemas financeiros. O ideal é começar o quanto antes para evitar ser pego desprevenido com situações que não podemos controlar.

Quer começar a ter uma melhor gestão do seu salário? Comece hoje!

Monte uma reserva de emergência

A reserva de emergência é uma grande aliada em momentos conturbados. Perder o emprego, não receber o salário total ou alguma situação inesperada pode acontecer a qualquer momento. 

O ideal é guardar de 10% a 15% do seu salário mês a mês para conseguir cobrir algum gasto eventual que aparecer. Se o seu salário não for tão alto ou não poder guardar essa porcentagem dele, pense em como conseguir uma renda extra e, por menor valor que seja,  tente poupar.

Estabeleça metas para a gestão financeira do salário

As metas te ajudarão a criar um plano financeiro para conseguir realizar aquele sonho. Muitas pessoas desistem de estabelecer metas porque acreditam que elas têm que ser grandiosas, mas é ideal começar com metas pequenas; por exemplo, você pode ter o objetivo de diminuir a conta de luz, ou demorar menos no banho.

As metas não se resolvem sozinhas e, para que elas funcionem, estabeleça prazos. Quer conseguir juntar R$1.000 em seis meses? Pense no caminho que pode te ajudar a cumprir essa meta, organize a gestão do seu salário e não desista!

Evite compras compulsivas

Os gastos compulsivos podem ser um dos maiores problemas na sua gestão financeira. Por isso, separamos algumas dicas para não cair na tentação!

O que posso fazer para não comprar compulsivamente?

Na gestão do salário, a coisa mais importante é ter controle dos seus impulsos, e existem algumas perguntas que te ajudam a evitar comprar coisas que não são prioridade:

Posso pagar por essa compra à vista?

Para começar a estabelecer uma relação proveitosa com o dinheiro, você precisa esquecer as compras parceladas. Diversos especialistas recomendam a compra à vista, pois é possível evitar novas dívidas, economizar no pagamento dos juros e até a conseguir um bom preço negociando com o vendedor.

Por isso, se puder, compre à vista!

Preciso desse produto agora?

Aquele produto que você está a meses namorando no site entrou em promoção, e agora? Alguns itens de desejo costumam mexer com o autocontrole de muitas pessoas, por isso se pergunte se você precisa mesmo (mesmo!) desse produto. 

Tenho alguma reserva de emergência?

A reserva de emergência é uma grande aliada em tempos de crise porque garante um pequeno respiro diante de um imprevisto. Esse dinheiro guardado trará uma segurança maior para você e sua família.

Caso você não possua essa reserva, essa pergunta é um ótimo incentivo para começar a ter!

Qual minha situação financeira?

Como estão minhas economias? Minha situação financeira está boa? É essencial avaliar como estão as outras contas que chegarão no próximo mês, reflita o cenário que você está e dê prioridade a sua segurança financeira.

O que farei com o dinheiro, caso não compre esse produto agora?

Essa é a pergunta chave para sua decisão, caso você não compre esse produto agora, para onde irá esse dinheiro? Deixaremos algumas sugestões para o destino desse valor:

  • Esse dinheiro pode adiantar o pagamento de uma conta;
  • Pode comprar algo que você realmente precise;
  • Pode poupar ou investir.

Esses questionamentos são ótimas ferramentas para evitar um gasto impulsivo, mas isso não quer dizer que você não pode comprar o produto. Essas perguntas ajudam a avaliar o que é prioridade no momento, pensando na possibilidade de você poder juntar todo o valor que precisa e realizar uma compra à vista, por exemplo.

Conseguindo esse tempo, você pode refletir com cautela sobre os prós e contras da compra e analisar os melhores preços e lojas.

A gestão financeira do seu salário é fundamental para que você consiga cumprir suas metas e realizar seus sonhos. Quer saber mais dicas sobre gestão financeira? Deixe nos comentários sua sugestão!

nv-author-image

Rebeca Müller

Rebeca Müller é formada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especializada em Finanças pelo Instituto Coppead de Administração da UFRJ. Depois de 11 anos atuando diretamente com Planejamento Financeiro e Orçamentário em empresas privadas e órgãos públicos, Rebeca descobriu uma nova vocação: comunicação. Hoje, ela escreve para a Zelas Finanças, e seu conteúdo conta com a rica bagagem que acumulou ao longo de sua trajetória no mercado financeiro.

Marcações: