Início » Glossário » O que é DOC?

O que é DOC?

O que é DOC

Como fazer transferência DOC é uma dúvida muito comum entre os que usam os serviços bancários. A boa notícia é que não há mistérios! O DOC é uma modalidade muito segura para transferir o seu dinheiro, assim como o TED e o TEF. Agora, quais são as diferenças entre eles? Quando usar o TED  e quando usar o DOC? Eles são pagos?

Pensando em resolver todas essas questões, montamos este artigo especialmente para te ajudar a entender o que é um DOC e quando é o melhor momento de optar por ele. Continue lendo para descobrir!

O que é um DOC?

DOC é a sigla para Documento de Crédito. Trata-se de uma transferência bancária cujo limite de valor a ser transacionado é de R$ 4.999,99. Não há valor mínimo a ser transferido. 

O tempo para que o processo seja concluído é de até um dia se a transferência for feita até às 22h. Caso você faça o procedimento depois desse horário, o DOC só cai no outro dia. Então, se a transferência for feita, por exemplo, na segunda às 23h, o dinheiro só cai na conta de destino na quarta-feira ou no próximo dia útil em caso de feriado. 

É bom lembrar que apenas instituições autorizadas pelo Banco Central podem permitir esse tipo de transferência. O DOC faz parte dos Serviços Essenciais do Banco Central. Ou seja, você não precisa contratar um plano da instituição financeira para realizar até duas transferências por mês. 

A operação de transferência é automática, sem necessidade de intermediação humana, ou pagamento de boleto. Cada tipo de transferência leva um determinado tempo para ser concluída e pode custar uma taxa.   

O Banco Central é responsável pelas normas que regulam o TED, o DOC e o TEF. Os três são tipos de transferências bancárias. A diferença é que o TED e o DOC são feitos entre contas de bancos diferentes, enquanto o TEF é feito entre contas de um mesmo banco e cai no mesmo dia, sem pagamento de tarifa.  

Agora, como o DOC funciona na prática? É o que vamos ver a seguir. Confira!

Como fazer um DOC?

O DOC pode ser feito pelo telefone, Internet Banking, aplicativo do banco, no caixa eletrônico ou na própria agência da instituição financeira. 

Para fazer uma transferência do tipo DOC é simples. Você só vai precisar do:

  • CPF ou CNPJ de quem receberá a transferência;
  • Nome completo do destinatário;
  • Valor para transferência;
  • Código do banco destinatário (cada instituição financeira tem um determinado pelo Banco Central);
  • Número da conta de destino;
  • Tipo de conta (corrente ou poupança);
  • Número da agência bancária em que o destinatário tem conta.

Então, inclua os dados nos campos correspondentes. Depois, é só digitar sua senha e concluir o DOC. 

Alguns bancos têm mais de um registro, então, para encontrar o código correto do banco de destino, você pode acessar o site da Febraban (Federação Brasileira de Bancos). 

Como cancelar o DOC?

Você consegue agendar qualquer modalidade de transferência, seja DOC ou TED. 

O DOC pode ser cancelado caso algum dado tenha sido incluído de forma errada na hora de solicitar a transferência. Em caso de cancelamento, o valor transferido demora até 2 dias úteis para cair novamente na sua conta. Se isso não acontecer, entre em contato com a sua instituição financeira para regularizar a situação. 

Então, você pode fazer o processo de maneira correta. Por isso, é muito importante sempre conferir as informações sobre o destinatário da transferência para evitar erros e dor de cabeça na hora de fazer a transferência. 

Agora, se você fez a transferência mas se arrependeu, errou o valor a ser transferido ou enviou para outro destinatário, a forma de cancelar o DOC é apenas conversando com quem recebeu o dinheiro e explicando a situação. 

Qual a diferença entre DOC e TED?

Tanto o DOC como o TED são modalidades de transferência bancária entre instituições financeiras diferentes. Quando você precisa transferir uma quantia em dinheiro para outra conta, pode escolher entre um e outro, dependendo do valor a ser transferido e da sua urgência. Mas além dessas semelhanças, as duas modalidades apresentam algumas diferenças.  

Como dissemos, o DOC tem um valor máximo de R$ 4999,99 e demora um dia para cair na conta de destino se for feito até às 22h. Depois desse horário, só cai no outro dia.  

Já o TED cai no mesmo dia se for feito até às 17h. Após esse horário, a transferência só é concluída no dia seguinte. Diferentemente do DOC, o TED não estabelece um limite a ser transferido, assim é possível fazer transações maiores do que R$ 5000. Ambas as modalidades, no entanto, não estipulam um valor mínimo que pode ser transferido.

Os dados necessários para realizar o TED são os mesmos usados para o DOC:

  • CPF ou CNPJ de quem receberá a transferência;
  • Nome completo do destinatário;
  • Valor para transferência;
  • Código do banco destinatário (cada instituição financeira tem um determinado pelo Banco Central);
  • Número da conta de destino;
  • Tipo de conta (corrente ou poupança);
  • Número da agência bancária em que o destinatário tem conta.

As instituições financeiras podem cobrar uma tarifa para concluir tanto o TED como o DOC, mas em alguns casos é possível encontrar taxas mais baixas para a realização do DOC. 

Como vimos, se o DOC é cancelado, o dinheiro pode demorar até 2 dias úteis para retornar a sua conta. Já em caso de cancelamento do TED, o valor transferido é depositado no mesmo dia na sua conta. 

Agora, qual é melhor, o DOC ou o TED? Vamos descobrir agora! 

Qual é melhor, DOC ou TED?

É você quem vai decidir se o DOC ou o TED é melhor. Isso porque essa escolha depende das suas prioridades e contexto, de quanta urgência você tem que fazer a transferência e o valor que precisa transferir. 

O DOC é ideal para quantias menores e para os momentos em que você não tem tanta pressa. Afinal, ele costuma ter taxas menores, mas pode demorar até dois dias para cair na outra conta e mais dois dias para ser estornado se for cancelado. 

Agora, se você tem urgência de fazer a transferência, melhor optar pelo TED. Essa é a melhor opção também para transferências grandes, acima de R$ 5000, a não ser que você possa parcelar esse valor para o destinatário.

Além do tempo, da taxa e da urgência da transferência, para escolher entre um e outro você precisa se informar com seu banco se elas podem ser feita para conta poupança. Em geral, o TED pode ser feito para esse tipo de conta. O mesmo nem sempre acontece para o DOC. Assim, se você precisa fazer uma transferência a uma poupança, precisa saber se o banco permite essa transação. 

Perguntas frequentes

Quando usar o Doc?

O DOC pode ser utilizado para realizar transferência entre contas de instituições financeiras diferentes. Ele é ideal para quem busca tarifas menores e não tem urgência para a conclusão da transferência, afinal, ele pode demorar até 2 dias para ser feito. Também é indicado para casos em que você precisa transferir valores menores do que R$ 4999,99.

Quanto tempo leva para um DOC cair na conta?

Muita gente pergunta se o DOC cai no mesmo dia. Não. Para transferências feitas até às 22h, o DOC cai apenas no dia seguinte na conta de destino. Agora, se você transferiu o dinheiro depois desse horário, ele apenas vai cair no segundo dia útil. 

Quais os valores do DOC e TED?

Os valores do DOC e do TED vão depender da instituição financeira em questão. Não existe uma tarifa fixa para cada um deles. Existem alguns bancos e fintechs que não apresentam qualquer tarifa para essas modalidades de transferência. 

Outros estabelecem um limite máximos para as transferências gratuitas, passando a cobrar um determinado valor depois. Também há bancos que cobram taxas para as duas modalidades de transferências, independentemente de quantas vezes elas forem realizadas.

Agora, transferências feitas pelos caixas eletrônicos ou por meio do Internet Banking costumam ser mais baixas. Para saber as taxas cobradas por cada instituição financeira, você pode checar o site do Banco Central.

No post de hoje, vimos o que é o DOC e quais as principais diferenças para o TED. Esperamos que este conteúdo tenha te ajuda a entender as particularidades dessa modalidade de transferência tão útil e segura. 

Conte para nós o que você achou deste artigo. Deixe seus comentários e dúvidas abaixo para podermos te ajudar. Até a próxima!